As peculiaridades gastronômicas da Rússia

Palco da copa do mundo 2018, a Rússia cultiva uma culinária bem peculiar e totalmente diferente do Brasil. Para os Russos, o requinte da comida está na simplicidade, seus pratos são elaborados  com grande variedade de ingredientes que misturam traços da cultura europeia e oriental.

O clima da Rússia pode ser considerado o fator predominante para definir os principais tipos de pratos do país. As baixas temperaturas favorecem o consumo de pratos quentes para aquecer e alimentos que forneçam energia para equilibrar a temperatura do corpo, como carboidrato e gordura.  Poucos legumes e vegetais são servidos crus. Por esse motivo as sopas introduzem os pratos principais. Elas, no entanto, costumam ter uma aparência branca, devido à utilização de um produto comum lá e bem diferente do nosso: o creme de leite azedo. O estrogonofe que consumimos aqui, apesar de ser de origem russa, é bem diferente em termos de sabor por causa deste ingrediente.

As carnes de porco e carneiro se acentuam como as proteínas de maior importância, assim como as aves e peixes, sendo que os peixes mais comuns são o esturjão, a truta e o arenque.

Outros alimentos muito comuns são os pepinos, geralmente em conserva, cogumelos, cenoura e repolho. Uma parte importante da cozinha russsa é a famosa “kvashenie” que é uma salga tradicional de vegetais e cogumelos com a utilização de fermentação do ácido lático natural.

Curiosamente o caviar, tanto preto como vermelho, é muito consumido e não falta à mesa.A iguaria está presente até no café da manhã, que lá é mais reforçado, sendo praticamente um almoço.  Isso porque lá este é um produto barato, diferente do que ocorre no Brasil.

Conheça alguns dos pratos típicos da Rússia:

Blini

rússia

É um tipo de panqueca russa. Elas são geralmente feitas com massa fina e podem ser servidas com creme de leite, geleia, mel, caviar ou salmão defumado. Outros tipos de recheio incluem cogumelos, queijo cottage, carne moída e repolho.

 

Goluptsi

Rússia

 

 

 

 

 

 

É o famoso charutinho de repolho, de origem árabe. A diferença é que o charuto russo não é recheado com arroz, apenas com a carne. A couve e o pimentão são alternativas ao repolho.

 

Frango à Kiev

Chicken Kiev

Este é um prato que consiste de peito de frango desossado e recheado, que depois é frito ou cozido. Apesar do nome, uma alusão à cidade de Kiev, o prato foi criado em Moscou. O frango pode ser recheado com manteiga de alho, ervas, presunto, salmão, queijo, entre outros ingredientes.

 

Pelmeni

Um dos pratos favoritos na Rússia, os pelmenis normalmente são bolinhos de massa recheada com carne moída e muito parecidos com o cappelletti. Eles são servidos na manteiga e cobertos com creme de leite, ou usados em sopas.

 

Veja também: Alimentação saudável: confira as principais tendências gastronômicas para 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *